quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Dia de São João (São João do Porto)


Apesar de Santo António ser o mais conhecido, São João é o que tem a maior festa. A animação dura dia e noite e todos estão prontos para a "farra".
Sabias que o santo que se comemora no Porto não é o São João Baptista, como todos pensam? É o São João do Porto, padroeiro desta cidade!
Vamos-te contar a história:No século IX, existia no Norte do País um eremita (pessoa que vive sozinha, longe de todos) chamado João. Enquanto foi vivo deu muitos conselhos às pessoas que lhe iam pedir ajuda.
Quando morreu, descobriu-se que muita gente ia ao sítio onde estava enterrado para chamar pelos seus poderes de santo.
Sabias que uma rainha, no século XII, trouxe a cabeça de S. João para o Porto para ser venerada pelas pessoas? Diz-se que ainda está na capela da Santa Cabeça, da igreja de Nossa Senhora da Consolação.
Mas como esta história é um bocadinho macabra e o São João do Porto nunca foi aceite oficialmente acabou por se juntar o útil ao agradável.Ou seja, começou-se a festejar o São João do Porto no dia 24 de Junho, a mesma data de São João Baptista!
O São João é o padroeiro de muitas terras, mas na noite de São João, a cidade do Porto muda completamente!
Nas ruas os foliões passeiam o alho porro (ou, hoje, os martelos de plástico), compram manjerico e comem sardinha assada.É, aliás, com uma boa sardinhada e um bom caldo verde que começa a farra!
Tudo começa na Ribeira, mas depois do Fogo de Artifício, todos os anos à meia-noite em ponto, a festa espalha-se pelos quatro cantos da cidade e só termina ao nascer do sol.
As rusgas de São João espalham-se de bairro em bairro, de freguesia em freguesia.
Para espantar o cansaço vai-se parando nos bailaricos de bairro e salta-se a fogueira!
Manda a tradição que a festa culmine com um banho de mar na Foz!
Também aqui a festa de São João se mistura com as festas do início do Verão, daí as fogueiras e todas as "loucuras" da noite deste santo popular.

Fonte: Site Júnior

0 comentários: